15232747707957323

Uma longa noite de sono ininterrupto, tranquilo para estar pronto e bem disposto para o dia seguinte: parece perfeito, mas essa não corresponde à realidade da maioria das pessoas nos dias de hoje.

Dormir por, pelo menos entre 7 e 9 horas, é um milagre para algumas pessoas que sofrem de insônia e, em longo prazo, isso pode trazer sérias consequências para a saúde.

Um neurocientista da University of California di Berkeley, Matthew Walker, tentou explicar o que a falta de sono pode causar em nosso corpo. E de acordo com o pesquisador, autor do livro “Why We Sleep”, o impacto deletério da insônia vai muito além do sentir-se cansado e mal-humorado durante o dia.

Veja quais são as principais consequências que a insônia pode ter em nossa saúde:

1. A falta de sono impede o cérebro de poder criar novas memórias.

2. Pouco sono leva a um impulso no desenvolvimento de uma proteína tóxica no cérebro, chamada beta amilóide, que está associada à doença de Alzheimer.

3. Dormir por apenas cinco ou seis horas por noite afeta o sistema reprodutivo dos homens, levando-os a ter um nível de testosterona dez anos mais velho.

4. A privação do sono tem um impacto no sistema imunológico anunciando um risco de desenvolver várias formas de câncer.

5. Pessoas que sofrem de insônia podem desenvolver problemas cardíacos e ter uma redução natural da pressão arterial.

6. Após uma atividade cerebral contínua de 19 ou 20 horas, a capacidade mental fica tão comprometida que se torna tão deficiente quanto o cérebro de uma pessoa embriagada.

7. A falta de sono desequilibra a produção de serotonina, um neurotransmissor que regula o humor, provocando nervosismo, estresse, tensão, podendo chegar à depressão.

8. A falta de sono também pode ser sinônimo de diminuição da produção de Tsh, o hormônio que estimula a atividade da tireoide, resultando no início do hipotireoidismo.

9. Dormir pouco pode ajudar também a engordas, já que aumentam-se a produção do hormônio grelina, que sinaliza a fome, enquanto a de leptina, que indica a saciedade, diminui.

10. Até mesmo a saúde ocular pode ficar comprometida. Durante o sono, o tônus muscular se reduz para permitir que os músculos sejam eficientes e regenerados, isso também serve para os músculos dos olhos.

Recomendados

Bebidas quentes e comidinhas para regular hormônios que ajudam a dormir
Leia mais...
6 sinais de que você está super estressado
Leia mais...
Série “Filmes que fazem bem para a alma” – “A voz do coração”, de Christophe Barratier
Leia mais...
Insônia: a doença que afeta 40% dos brasileiros
Leia mais...

0 comments

Responder