homefeatured_maternidade

Ser mãe é sinônimo de amor incondicional, realização e profunda dedicação aos filhos. Porém dar conta dos pequenos, do trabalho e das responsabilidades do dia a dia torna a maternidade nem sempre algo tão romântico assim.

Muitas vezes, junto com toda a magia de ser mãe, surgem momentos de tensão, preocupação, sensação de culpa e incapacidade, que podem se configurar em profundo estresse.
Qual mamãe que nunca se sentiu estressada e culpada com suas responsabilidades? Que atire a primeira pedra…

O grande desafio está em aceitar esses sentimentos como parte da maternidade e amenizar estes sintomas o quanto for possível.
Com algumas medidas podemos dar mais qualidade de vida à condição de nova mãe e assim aproveitar mais intensamente os momentos de prazer e gratificação, que a alegria de uma criança em nossas vidas, proporciona.

Fazer algo para você mesma: a mãe está sempre pensando nos filhos e no bem-estar da família e com isso acaba se esquecendo das coisas que lhe dão prazer fora desse universo. Tirar um tempo para si mesma, cuidar da aparência e autoestima, sair com as amigas e praticar algum esporte podem fazer muito bem para a mente e espírito.

 

pasalix - maternidade
Delegue: as mães têm uma incrível habilidade de acumular funções e centralizar nelas as responsabilidades. Aprender a delegar e a dividir tarefas, pode lhes tirar um peso incrível das costas. Entender que o pai tem tanta responsabilidade quanto a mãe pode ser um bom começo.

 

 

pasalix - maternidade
Não se isole: é comum que com a correria do dia a dia, quando a mãe mal tem tempo para atividades básicas como dormir ou tomar banho, ela se afaste da vida social, da família menos próxima e das amigas. Ao longo prazo, isso pode trazer uma sensação de isolamento e solidão. É importante saber que existem pessoas em que você possa confiar, compartilhar ideias e sentimentos, além de momentos que haja distração. Por isso, conserve suas amizades e com certa frequência, reserve na agenda um momento para isso.

 

estresse_maternidade10
Sinta menos culpa: uma mãe sempre carrega o sentimento de culpa, por trabalhar fora ou por deixar o trabalho para cuidar dos filhos, pelo filho estar doente ou culpa por achar que não está sendo uma boa mãe… É importante entender que não só a mãe, como qualquer pessoa comete erros e acertos. Na maternidade, e na vida, buscar a perfeição incessantemente pode ser muito frustrante.

 

Administrar os momentos de crise com a cabeça quente não ajuda em nada. Quando o mundo estiver “caindo sobre a cabeça”, respire fundo algumas vezes. Isso ajuda para que os ânimos voltem ao seu equilíbrio e as soluções venham de forma racional.

 

 

1 comment

SANDRA COSTA

AMEM!! MUITO BOM, PARABÉNS!!

Responder