2_capa_Pasalix_agosto.png

A vida não é fácil para ninguém – todos temos problemas, dificuldades e desafios a serem superados todos os dias.

Porém, a felicidade depende de como lidamos com eles, ou como os aceitamos na nossa vida. Para isto, apresentamos 8 passos que ajudarão a alcançar a tão desejada serenidade, mesmo quando o mundo parece nos dar as costas.

1 – Aceite que as pessoas são diferentes: por mais que nos esforcemos, às vezes é difícil aceitar opiniões e modos de vida que não estão de acordo com o que acreditamos. Porém, as relações ficam melhores e mais leves quando paramos de bater de frente, e aceitamos que cada um tem um modo de pensar e agir. A tolerância é o caminho para uma vida e um mundo mais harmonioso.

2 – Perdoe e esqueça: o sentimento de rancor que nutrimos só faz mal a nós mesmos. Portanto, diante de algo que mexeu negativamente com os sentimentos, e que já foi discutido e resolvido, só nos resta perdoar. Alimentar o ódio e ressentimentos pode até mesmo fazer mal para a saúde.

3 – Fuja do ciúme e da inveja: apesar desses serem sentimentos humanos que, hora ou outra, batem na nossa porta, essa é uma armadilha que pode prejudicar a nossa paz interior. Quando estamos felizes e satisfeitos não há espaço para ciúme ou inveja, e sabemos que a grama do vizinho pode até ser verde, e sentir alegria por ele. Isso não significa que nossa também não seja bem cuidada e amada, dentro da nossa possibilidade.

4 – Não espere reconhecimento: quando fazemos algo somente pelo reconhecimento, podemos sair muito frustrados, pois nem sempre ele vem. O importante é que qualquer esforço venha como busca de uma realização e satisfação pessoal, em primeiro lugar.

5 – Seja capaz de se adaptar: a vida é mais leve quando estamos preparados para lidar com adversidades e obstáculos no caminho. Se algo não pode ser mudado, o melhor é saber transformar os planos e adaptar-se às novidades, e assim, ter uma atitude mais positiva diante a vida, sem estresse.

6 – Conheça seus limites: antes de se comprometer com algo, alguma responsabilidade, compromisso ou tarefa, saiba se será capaz de executá-la sem chegar ao ponto de se sacrificar. Para isso, devemos conhecer nossas limitações e evitar que estejamos sempre sobrecarregados e estressados. Aprender a dizer não é um ótimo caminho.

 7 –  Pense, reflita e medite: pensar e refletir ajuda a tomar sempre as melhores decisões, ponderando pontos positivos e negativos em qualquer situação, evitando problemas e estresse. Já a meditação é um exercício que acalma a mente e a deixa com mais clareza e eficiência para o dia a dia.

Recomendados

Praticar corrida pode ajudar na insônia
Leia mais...
Meditação é alternativa no combate a transtornos de ansiedade
Leia mais...
Ter um animal de estimação ajuda a controlar a ansiedade
Leia mais...
Inspire, expire, inspire, expire – como a respiração é capaz de nos acalmar
Leia mais...
Saiba como identificar a ansiedade na infância
Leia mais...

0 comments

Responder