05_capa_pasalix_pi.png

Confundir e julgar depressão como preguiça demonstra total desconhecimento dos sintomas dessa doença tão grave que afeta grande parte da população atualmente.

Junto com a depressão vem um constante sentimento de falta de energia, falta de estímulos e apatia, sintomas que trazem inúmeras consequências ruins para o indivíduo.

Saiba quando a “preguiça” constante acende um sinal amarelo para o problema:

1 – Desânimo: falta de animo constante é um sintoma da depressão, já que essa é uma resposta do corpo a falta de dopamina. Simplesmente um dos principais neurotransmissores responsável pela sensação de prazer.

2 – Apatia: um sintoma que representa a constante sensação de não sentir nada, não fazer questão e nem mesmo se abalar. Se sente algo parecido, busque um profissional.

3 – Ficar o dia todo no quarto: Ficar deitado o dia todo, sem nenhuma vontade de ver ninguém é também um sinal da depressão. Todas as coisas parecem sem graça e muito cansativas para o depressivo.

4 – Falta de alegria: pensamentos ruins, a vontade de dormir e não acordar mais e todo o desânimo que te preenchem, são na verdade sintomas da depressão. A sensação é a de que não há nada que possa te fazer feliz.

5 – Tudo parece muito longe ou muito difícil: a falta de energia, devido a queda da dopamina, faz com que tudo pareça difícil demais. Uma atividade simples, que antes parecia muito rápida e fácil de executar, se torna cansativa e demorada.

6 – Cansaço frequente: o sentimento de cansaço acomete mesmo sem motivo, e pode refletir ate mesmo em sintomas físicos, como dores no corpo e de cabeça.

7 – Só pensa em dormir e nada mais: pesquisas realizadas pela USP concluíram que cerca de 10 a 20% dos pacientes com depressão reclamam da sonolência excessiva.

0 comments

Responder