03_capa_pasalix_pi.png

É quase impossível pensarmos no mundo sem a internet. Esse advento tão recente foi capaz de mudar o mundo, e forma com que nos relacionamos com ele, de maneira radical. Basicamente nos tornamos dependentes das facilidades que a internet – e seus gadgets – proporcionam.

Por conta desse hábito e junto a necessidade de estar sempre conectado, consumindo e produzindo informação, tem surgido na população um tipo de ansiedade conhecida por ansiedade digital.

Ela se resume na espera permanente por um e-mail ou por uma mensagem no Whats App, que faz com que seja impossível de se desligar, seja noite ou dia, seja no trabalho ou no lazer. O simples fato de acabar a bateria do celular ou ficar sem internet causa angustia e até mesmo um vazio.

Essa atitude se assemelha a um vício, e pode prejudicar seriamente a saúde mental, as relações pessoais e até mesmo levar à depressão.

Isolar-se e privar-se do mundo digital pode parecer impossível (e nem mesmo é necessário), mas como tudo na vida, o equilíbrio é a escolha mais saudável. Confira 3 dicas que vão ajudar a reduzir o nível de ansiedade digital.

Não tenha seu e-mail configurado no seu celular. Isso vai ajudar a conter a vontade de checar os e-mails a cada 5 minutos. Se for o e-mail profissional, contenha-se em olhar nos horários comerciais apenas.

Para o Whats App e outras redes sociais, vale a dica de não receber as notificações, diminuindo a tentação de verificar a todo tempo. Além disso, remova de seu Whats App a opção de “visto pela última vez”. Lembre-se de que não é necessário imediatismo para responder questões banais, do dia a dia.

Faça um “detox” das redes sociais. Experimente ficar sem verificar as redes sociais por tempos determinados, começando por algumas horas, depois dias, e depois um fim de semana inteiro. Com o tempo vai perceber que nada se perdeu, e você ainda fez o seu dia render muito mais!

0 comments

Responder