15765021545242136

A ansiedade excessiva é um problema moderno causado principalmente pelo excesso de informação ao cérebro, se tornando a porta de entrada para outros distúrbios. Conheça as principais doenças relacionadas à ansiedade:

Transtorno Obsessivo Compulsivo: um pensamento compulsivo que será aliviado por meio de um determinado comportamento. Em muitas ocasiões, são alguns atos vistos como obrigatórios pelo doente. Se ele não os executa, seu grau de ansiedade cresce. As compulsões têm como origem ideias relacionadas a religião, sexo, contaminação por contato, agressão, entre outras coisas.

Transtorno de ansiedade generalizada: se caracteriza pela preocupação excessiva ou expectativa apreensiva, com uma duração de seis meses ou mais, acompanhada de sintomas como fadiga, insônia, tensão muscular, irritabilidade, inquietação e perda de concentração para as atividades diárias.

Fobia social: nesta situação, a pessoa cria um medo de situações sociais, com ir a uma festa ou a outro evento social, por se sentir observada pelos outros. A insegurança de seu desempenho impede qualquer contato, podendo o grau de ansiedade provocar até mesmo uma crise aguda de ansiedade.

Síndrome do Pânico: perturbação provocada por crises de desespero e medo de algo ruim acontecer, principalmente a morte, havendo ou não perigo de verdade. As crises também são seguidas de preocupação em excesso de possíveis novos ataques, com o medo da pessoa de perder o controle de vez ou de sofrer um ataque cardíaco.

Estresse pós-traumático: quadro que ocorre após a pessoa ter sido vítima ou presenciado atos de violência ou situações que representaram ameaça à vida. A recordação do fato provoca o mesmo sofrimento vivido quando este realmente aconteceu. Essa lembrança é conhecida como revivescência e provoca distúrbios neurofisiológicos e mentais.

0 comments

Responder