terapia-ocupacional

A terapia ocupacional é um recurso terapêutico muito usado no tratamento de transtornos mentais. Sua utilização compreende na avaliação desses transtornos, partindo para a realização de atividades que tragam satisfação para o paciente. Portanto, baseia-se no uso das ocupações humanas para promover autonomia das pessoas em diversas fases da vida e em diferentes condições físicas, sensoriais, intelectuais, emocionais e sociais.

Essas atividades podem estar ligadas a conhecimentos artísticos, técnicas de manufatura, conceitos como “faça você mesmo”, sustentabilidade, formas de expressão e criatividade. O terapeuta funciona como um “mentor”, que guiará o paciente na busca de possibilidades que lhe tragam prazer e felicidade.

Através dessas atividades, o indivíduo passar a entender seus valores dentro das relações interpessoais e da sociedade. O uso das ocupações humanas ajuda a reduzir o sofrimento causado pelo transtorno, além de oferecer novas possibilidades de ocupação e compreensão do mundo.

As áreas que podem ser trabalhadas são diversas, variando entre atividades que promovam o autocuidado, o lazer e a produtividade. E, ao mesmo tempo, são trabalhadas habilidades sensoriais, neuromusculares, habilidades psicossociais, cognitivas, entre outras.

A terapia ocupacional é ferramenta de ampliação dos conhecimentos diários e autossatisfação, e por isso possibilita a expressão, o raciocínio logico, coordenação motora, concentração, além da vantagem de fazer com que o paciente se sinta parte de algo producente.

0 comments

Responder