05_capa_pasalix_pi.png

Os cachorros possuem muita energia para gastar, e muitas vezes acabam ficando muito tempo fechados ou sozinhos no ambiente doméstico, o que acaba gerando muita ansiedade. Outros fatores como como falta de liderança, traumas, medos e ausência podem causar estresse nos bichinhos.

Os sintomas podem ser identificados, tratados e corrigidos com o auxílio de um profissional. Um bom adestrador consegue reverter um quadro de ansiedade no cachorro. É uma doença séria que atrapalha o bem-estar do animal, gerando problemas de saúde ainda mais sérios.

Confira alguns sinais que pode indicar ansiedade em seu cachorro:

– Alongam-se ou chacoalham os pelos como se tivesse se enxugando, postura de cabeça baixa, postura de calda entre as pernas ou manter uma pata dianteira levantada.

– Posicionam suas orelhas para trás em sinal de submissão ou medo.

– Apresentam agressividade quando são colocados em alguma situação que provoca medo.

– Demonstram ansiedade da separação:  tem muito medo de ficar sozinho ou separado de seu dono. Quando isso acontece o cachorro pode latir e chorar constantemente, fazer suas necessidades fora do local que ele está acostumado, destruir objetos, etc.

É importante nunca usar métodos baseados em punição no cachorro ansioso, opte por treinamentos usando reforço positivo, com o auxílio de um adestrador. Outra forma de combater a ansiedade é fazer passeios longos, de 30-40 minutos para gastar energia.

Recomendados

10 locais em São Paulo que oferecem Yoga grátis
Leia mais...
Instruções para o paciente com insônia no tratamento não farmacológico
Leia mais...

0 comments

Responder