01_capa_pasalix_pi.png

Deitar na cama sem “desligar a máquina do corpo” não parece uma boa ideia. Pensamentos a mil e o organismo em plena atividade na hora de dormir, é insônia na certa! A partir daí, se inicia um ciclo de estresse que pode se prolongar por várias noites, e até mesmo se transformar em um distúrbio.

Por isso, procure relaxar o corpo e a mente sempre antes de dormir. No início da noite já diminua o ritmo, tome um bom banho, evite estímulos eletrônicos e esvazie a mente das preocupações. Confira algumas técnicas para “desligar o corpo” antes de dormir.

1 – Exercícios de respiração: o ritmo cardíaco é o primeiro a sofrer com os efeitos de uma situação de nervosismo e ansiedade. Para diminuir o ritmo dos batimentos e melhorar a oxigenação deve-se inspirar profundamente com o nariz e segurar por alguns segundos, repetindo o processo algumas vezes.

2 – Faça uma contagem regressiva: conte até 60, olhando para cima. O exercício ajuda a relaxar porque tira o foco das preocupações para uma simples distração, que é a contagem. Olhar para cima, estimula o sistema nervoso porque ajuda a diminuir a pressão arterial, controlando os batimentos cardíacos e, por consequência, controle da ansiedade.

3 – Distraia-se: em primeiro lugar, evite eletrônicos, e faça algo que dê prazer. Ler o trecho de um livro, ouça uma música ou navegue na internet atrás de notícias boas e que proporcionem prazer. Tirar o foco do problema ajuda a relaxar, para que depois, com calma, sejam encontradas as soluções com mais clareza.

4 – Alongue-se:  a tensão no nosso corpo causa uma contração muscular involuntária, principalmente nos músculos localizados atrás do pescoço, nas costas e pernas. Alguns exercícios de alongamento realizados lentamente ajudam a relaxar os músculos, levam à distração e à sensação de prazer.

Movimentos circulares com o pescoço, tornozelos e pulsos, e até mesmo uma boa espreguiçada aliviam a tensão da musculatura, e podem ser realizados em qualquer lugar.

Recomendados

Instruções para o paciente com insônia no tratamento não farmacológico
Leia mais...
10 locais em São Paulo que oferecem Yoga grátis
Leia mais...

0 comments

Responder