23_1080x608Posts_pasalix

Mito ou verdade?

Sim, é verdade. Mas calma, pode continuar a tomar o cafezinho de todo dia, até dois, se assim desejar. O importante é não exagerar na dose e perceber os efeitos que ele causa no organismo (o que pode diferente a cada pessoa).

A cafeína é um estimulante do sistema nervoso central, que faz o cérebro ficar mais alerta, ajustando também o metabolismo. Como consequência, o coração e a respiração aceleram e a pressão arterial também acompanha. Por isso é famoso por afastar o sono.

O problema está no excesso. Muita cafeína pode ter efeitos colaterais desconfortáveis como: nervosismo, tremores, dor de cabeça, insônia, agitação mental, taquicardia, suor frio e uma sensação de angústia.

Estudos apontam que não se deve ultrapassar 400mg de cafeína por dia, o que equivale, aproximadamente, a 4 xícaras de 200 ml de café; ou a 10 latas de refrigerantes que contenham cafeína; ou 4 latas de bebidas “energéticas”.  Vale também lembrar que chocolates, alguns tipos de chás (mate, verde e preto) e alguns medicamentos também contém cafeína.

Recomendados

O uso de smartphones  aumenta a ansiedade
Leia mais...
Estresse das noivas com a chegada do casamento
Leia mais...
Exercício: Como distrair a mente para dormir melhor
Leia mais...
Como manter a calma para a prova do Enem?
Leia mais...
Insônia: a doença que afeta 40% dos brasileiros
Leia mais...

0 comments

Responder