meditacao_vipassana

Vipassana,é uma das mais antigas técnicas de meditação da Índia, redescoberta pelo Buda Gotama há mais de 2500 anos e ensinada por ele como um remédio universal para males universais, ou seja, Arte de Viver. Vipassana significa ver as coisas como realmente são e sua técnica visa a total erradicação das impurezas, resultando na felicidade suprema e libertação completa.

A técnica, além de expandir os conhecimentos sobre meditação, tem por objetivo a autotransformação através da auto-observação e para isso, focaliza-se na profunda interconexão entre a mente e o corpo, trazendo uma série de benefícios ao praticante.

Atualmente, a técnica é ensinada em cursos residenciais de dez dias, durante os quais os participantes seguem um Código de Disciplina recomendado e aprendem os conceitos básicos do método e praticam o suficiente para experimentar os seus resultados benéficos.

O curso requer trabalho sério e árduo e segue três passos. O primeiro passo é abster-se — durante todo o curso — de matar, roubar, manter atividade sexual, mentir e tomar intoxicantes. Este simples código de conduta moral serve para acalmar a mente que, de outra forma, estaria muito agitada para executar a tarefa de auto-observação. O próximo passo é desenvolver o domínio da mente aprendendo a fixar a atenção na realidade natural do fluxo da respiração, sempre em mudança, enquanto entra e sai das narinas. Ao quarto dia, a mente está mais calma e mais focada, estando melhor preparada para empreender a prática de Vipassana em si: observar as sensações por todo o corpo, compreender a sua natureza e desenvolver a equanimidade ao aprender a não lhes reagir. Finalmente, no último dia os participantes aprendem a meditação do amor ou boa vontade face a todos, na qual a pureza desenvolvida durante o curso é partilhada com todos os seres.

Toda a prática é, na verdade, um treino mental. Tal como usamos exercícios físicos para melhorar a saúde do nosso corpo, a Vipassana pode ser utilizada para desenvolver uma mente saudável.

Claro que os resultados vêm gradualmente pela prática contínua. Não é realista esperar que todos os problemas sejam resolvidos em dez dias. A técnica não é ensinada comercialmente, mas é pelo contrário oferecida gratuitamente. Nenhuma pessoa envolvida neste ensino recebe qualquer remuneração material. Não se cobra nada pelos cursos — nem mesmo pelos custos de alimentação e alojamento. Todas as despesas são cobertas por doações de pessoas que, tendo completado um curso e experimentado os benefícios da Vipassana, desejam dar a outros a oportunidade de também se beneficiarem.

Conheça mais:
https://www.dhamma.org/pt/courses/search

0 comments

Responder