Quem canta seus males espanta, e entre eles, a ansiedade e depressão. É o que indica um estudo da Universidade de Anglia Leste (Inglaterra). O estudo foi feito em colaboração com o projeto Sing Your Heart Out – “Ponha seu coração para cantar”, em tradução livre.

As pessoas que participaram da pesquisa pertenciam a um grupo de cantores comunitários – sem qualquer preocupação com o desempenho ou profissionalismo – e mantiveram ou melhoraram suas condições inicialmente diagnosticadas de ansiedade e depressão.

Nesse coral, qualquer pessoa podia participar independente de suas habilidades, e não há pressão para ótimos resultados, sem contar a diversão e felicidade que a atividade proporciona.

Portanto, a conclusão a que chegaram foi que a combinação de canto e socialização foi uma parte essencial da recuperação porque promoveu um sentimento contínuo de pertencimento e bem-estar.

A iniciativa popular organiza oficinas de canto semanal, destinadas a pessoas com condições de saúde mental leves – quadros leves de ansiedade ou depressão – ou para o público em geral.

Recomendados

6 sinais de que você está super estressado
Leia mais...
8 aplicativos para relaxar em viagens
Leia mais...
Estudo comprova a relação entre a depressão e o sono ruim
Leia mais...
“Quem canta os males espanta” – Musicoterapia
Leia mais...
Ansiedade e baixa-autoestima: como controlar?
Leia mais...

0 comments

Responder