ALERTA DE GATILHO

Setembro amarelo já acabou, mas é sempre bom ressaltar a importância da prevenção ao suicídio. Segundo especialistas, os distúrbios psicológicos e psiquiátricos devem ser tratados nos primeiros sinais, como nervosismo, ansiedade, e pessoas com sintomas psicóticos e alucinações.

Estudiosos ainda incluem a insônia no fator de indução ao suicídio. Porém, somente o fator hereditário influencia em 50% a probabilidade de um suicida.

Na luta pela prevenção ao suicídio o importante é apoiar, acolher e escutar o paciente. Para isso é preciso deixar de lado julgamentos, preconceitos e crenças sobre a doença.

Uma forma de acolher é informar que no SUS (Sistema Único de Saúde) tem um serviço chamado CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), com uma equipe sensível e preparada para acolhê-la também e que você (ou outra pessoa da rede de apoio) pode acompanhá-la até lá. Esse serviço existe em todo o território nacional, por isso é interessante pesquisar e saber onde está o CAPS mais próximo de você.

0 comments

Responder