Muitos podem confundir os significados de terapeuta e psicólogo e acabarem, vez ou outra, utilizando essas palavras como sinônimas. Porém a diferença entre elas está relacionada à formação do profissional.

Ambos atuam na área da saúde e dedicam-se a auxiliar pessoas nos tratamentos emocionais, desvendando juntamente com o paciente caminhos para que tenham mais qualidade de vida, bem-estar e alegria.

Porém, o terapeuta é formado em uma ou mais áreas de assistência à saúde humana, seja física ou psicológica, como por exemplo a formação em “terapia holística”, que foca no conjunto corpo, mente e espírito, enxergando o ser humano em sua totalidade. A principal diferença entre terapeuta e psicólogo nesse caso é que o primeiro atua sem graduação superior.

O Brasil reconhece, ao todo, 29 práticas terapêuticas. O Sistema Único de Saúde (SUS), inclusive, oferece muitas delas.

Já o psicólogo é o profissional com bacharel em Psicologia. Porém, quando atua na área clínica, ou seja, trabalha diretamente com a psicoterapia, ele também é chamado de terapeuta. Este termo é a abreviação da palavra “psicoterapeuta”, muito usado na linguagem coloquial. Psicólogos que atuam nas áreas organizacional, escolar, hospitalar, entre outras, não são considerados terapeutas.

0 comments

Responder